Aresto Momentum

Volta às Aulas! Bem-Vindo, Convidado!
 
InícioPortalCalendárioMembrosRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 [FP] Eleanor Rigby McKanzie

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Eleanor Rigby McKanzie
Comensal da Morte
Comensal da Morte
avatar

Localização : Londres, Inglaterra
Trabalho : Provisórios e curtos/Compositora particular
Mensagens : 14

MensagemAssunto: [FP] Eleanor Rigby McKanzie   Qui Out 09, 2014 10:56 pm

Ficha da Personagem

Nome completo: Eleanor Rigby McKanzie.
Linhagem: Mestiça.
Idade: Vinte e três.
Que casa pertenceu: Corvinal.
Modelo de varinha: Feita de Faia; Vinte e sete centímetros e meio; Núcleo de Coração de Dragão.
Patrono: Coruja.

Descrição física: Olhos castanhos escuros; Cabelos próximos ao ombros, num corte repicado, castanhos escuros, como os seus olhos; Pele pálida amarelada; Corpo magricelo e miúdo.    

História: "Tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu."
Não posso dizer mal de nada que os meus pais me fizeram - Depois, você entenderá o verso acima.
Eu nasci em uma família classe média. Filha única e com pais trabalhadores, eu aprendi tudo que precisava para não sentir fome se um dia tivesse que ficar sozinha em uma casa. Mas, antes de adolescência realmente chegar para mim, eu era uma criança comum, corria e brincava, ia para a escolinha trouxa e não posso dizer que possui amigos, pois não me lembro de nomes que permaneceram comigo por um longo período de tempo. Então, eu tive um relacionamento sim, mas com colegas e não amigos. Morei junto de meus avós por um tempo, isso, até meu avô me deixar por causa de uma doença terminal. Nos mudamos para Londres depois do falecimento de ambos os meus avós. Primeiro ele, depois ela... Ambos, agora eu estava completamente perdida e sentindo-me em um mundo mais difícil do que jamais havia estado.
A "nova vida" foi muito dolorida. Estava na época com meus onze á treze anos. Entrei para Hogwarts e senti pela primeira uma raiva assustadora que voltaria a sentir muitas mais vezes no futuro. Mais ou menos com treze anos já fiz a burrada de me apaixonar. Meu "namoro" durou apenas seis meses e o garoto simplesmente virou rebelde e fazia de tudo para me derrubar com suas palavras cortantes e profunda. Entrei em um estado de depressão bipolar, mas ninguém percebeu. Ele tinha conseguido, ele me derrubou.
Também, nessa época, comecei a ficar mais próxima de músicas, livros e com toda aquela criatividade e ideias que nasciam a todo momento em minha mente, eu comecei a escrever "livros" os quais ninguém, além de mim, tinham acesso. Eu estava tão apaixonada... Mas, houve um dia que eu realmente abri meus olhos. Eu tinha quatorze anos quando matei três garotos os quais eu considerava meus amigos. Meu tão amado estava no meio deles. Voltávamos de um restaurante quando peguei-os falando de mim pelas costas. Uma raiva assustadora surgiu de dentro de mim. Em um beco, eu matei-os com uma caneta, cada um deles, até observar o último brilho de vida em seus olhos. Deixei-o por último. Exitei, meu coração não me deixava continuar com a ação. Meu coração acelerou, a raiva gritava dentro de mim, ele tentava escapar com palavras doces, e eu quase acreditei, lembranças lindas vieram da gente em minha mente, mas as ruins também e eu chorei. "Você me mudou para essa coisa horrível! No entanto, você não vai ver o dano que eu vou fazer, porque você já está uma coisa morta!" Essa, foi a última frase que Jörg ouviu, então, eu o matei. Fugi chorando e suja com o sangue de Jörg em meu corpo. Meu Deus! O que eu havia feito? Eu havia mato a única pessoa a quem eu amei. Eu passei tanto momentos chorando e ouvindo músicas por sua causa, mas eu ainda o amava. Mas e todo aquele sentimento de vazio e tristeza? Eu jogava-os fora, pois sabia que eles não seriam os últimos. Eu tinha esperanças de tê-lo ao meu lado novamente.
Não me lembro o que aconteceu. Sei que terminei Hogwarts e no entanto era uma pessoa fechada, presa ao mundo de livros e os quais eu própria inventava. Tova muito cuidado para não me prender a ninguém novamente, e, quando a amizade começava a ficar muito grande, eu me afastava voltando a estaca zero.
Quando saí de Hogwarts, meus pais já haviam falecido por questão de trabalho. Mudei-me para um apartamento para não ficar com lembranças no local o qual eu mais passava meu tempo.
Comecei a escrever cada vez mais e tão pouco procurava ou pensava em qual cargo eu iria exercer (mundo bruxo e trouxa).
Foi quando conheci Paul e sua banda. Entrei para ela. Eu tocava, cantava e principalmente escrevia músicas.
Quando minhas crises de depressão bipolar voltaram, eu me afastei e apenas mandava as músicas e aprecia para observar as gravações e os shows.
Paul começou a me ajudar com despesas e mandava-me dinheiro diariamente. Eu era como sua irmãzinha e não reclamava por "ser". Eu gostava de escrever, eu gostava de sua voz por trás das minhas letras, das vozes de todos os garotos da banda, da banda em si.
Mas, eu precisava fazer algo no outro lado do "meu" mundo. Porém, os cargos eram muito complexos e nem um desses me chamava a atenção.
Eu tinha dinheiro nesse lado, que meus avós e os meus pais haviam me deixaram, mas ele não duraria para sempre, mesmo que eu ficasse mais com o mundo comum de Paul e gastasse muito pouco.
Aceitei um "emprego" nos finais de semana na Borgin & Burkes e recebia um salário até que razoável. Apenas, para colocar mais dinheiro em meu cofre no Banco Gringotes.
E assim foi indo... Trabalhos provisórios no Mundo Bruxo e Compositora particular da melhor banda do Mundo Trouxa.
Entrei para os Comensais com vinte anos e apenas faço o que é mandado. Se tiver que matar, eu mato. Se tiver que sequestrar ou torturar, eu sequestro ou torturo. Faço o meu trabalho e desapareço na companhia das únicas pessoas que pude sentir um afeto novamente. Ninguém, nunca mais poderá saber  dos meus sentimentos, das minhas dores, dos meus gostos... Pois, nunca mais vai ser fácil tirar algo da minha vida, meu passado, de mim.
Quero que continue assim, todos sabendo o mínimo possível da minha existência.  

PhotoPlayer: Frances Bean Cobain.


.Andy Almeida.


*************************


Eleanor Rigby McKanzie
You changed me into this horrible thing! However, you will not watch the damage I 'm going to do, because you're already a dead thing!

.soph.




Última edição por Eleanor Rigby McKanzie em Seg Out 13, 2014 1:04 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rose Weasley
Admin
Admin
avatar

Localização : Godric's Hollow
Trabalho : Ler| Profeta Diário
Mensagens : 981

MensagemAssunto: Re: [FP] Eleanor Rigby McKanzie   Dom Out 12, 2014 7:37 pm

Senti medo da sua personagem. Sua FP ficou bem sinistra, adorei! Bem vinda ao fórum (=

*************************
administradora • 18 years • SweetGirl • Dating • fotógrafa do pd • WOMH
rose jane granger weasley
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://campsobrenaturalrpg.forumeiros.com/
Eleanor Rigby McKanzie
Comensal da Morte
Comensal da Morte
avatar

Localização : Londres, Inglaterra
Trabalho : Provisórios e curtos/Compositora particular
Mensagens : 14

MensagemAssunto: Re: [FP] Eleanor Rigby McKanzie   Dom Out 12, 2014 11:17 pm

Obrigada Rose =)

*************************


Eleanor Rigby McKanzie
You changed me into this horrible thing! However, you will not watch the damage I 'm going to do, because you're already a dead thing!

.soph.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [FP] Eleanor Rigby McKanzie   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[FP] Eleanor Rigby McKanzie
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Aresto Momentum :: Regras e Avisos :: Ficha de Personagem-
Ir para: