Aresto Momentum

Volta às Aulas! Bem-Vindo, Convidado!
 
InícioPortalCalendárioMembrosRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Salão de Baile

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Lílian Potter
Admin
Admin
avatar

Localização : Hogwarts
Trabalho : Estudar e trabalhar nesse fórum!!! kkkkkkkkkkkkkkk'
Mensagens : 667

MensagemAssunto: Salão de Baile   Sex Dez 30, 2016 1:04 pm


*************************

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://arestomomentum.forumaqui.com
Narrador

avatar

Trabalho : '
Mensagens : 98

MensagemAssunto: Re: Salão de Baile   Sex Dez 30, 2016 1:37 pm





Hogwats estava em festa!
Depois de algum tempo sem receber nenhum evento importante do Mundo Bruxo, nesta noite sediaria o encontro anual dos Bruxos ''Destaque do Ano'', com direito a muita música, dança, comida e comemoração. Neste evento, seriam homenageados os bruxos que contribuíram de alguma forma para tornar o mundo melhor, mais seguro, e até mais feliz, no último ano.
Um forte esquema de segurança foi montado para receber tantas pessoas importantes, todo o Ministério da Magia foi convidado e também todas as outras esferas de funcionamento do Mundo Bruxo. Aparatações estão permitidas somente no subsolo do colégio, as três lareiras por aqui abertas para receber viajantes com Pó de Flu, e os alunos que não foram passar as férias em casa, infelizmente estão proibidos de descer até aqui. Também esse é um evento teste de inauguração do novo Salão de Baile do colégio, mas todas as mesas foram tiradas, permitindo maior espaço para circulação de pessoas.
Nesta edição o tema é: baile de máscaras! Todas as máscaras mais elaboradas saíram das prateleiras cedo em Hogsmeade e no Beco Diagonal, com certeza elas chamarão a atenção por aqui hoje, juntamente com os trajes sociais dos bruxos e os melhores vestidos das bruxas.
Por fim, aurores guardam o local e há equipes do Profeta Diário por todo canto para cobrir o evento. Algumas pessoas já começam a chegar e são obrigadas a parar na entrada do salão não só para revista (uma perigosa comensal fugiu de Azkaban a pouco tempo), mas também para a foto clássica no tapete vermelho.
Quem ganhará algum prêmio? O que essa noite reserva de surpresas? Aguardem.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Cody Stark
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar

Localização : Hogwarts e LG - 18
Trabalho : /
Mensagens : 79

MensagemAssunto: Re: Salão de Baile   Sex Dez 30, 2016 3:21 pm


Alex e eu estamos aqui, escondidos, é claro. Temos máscaras e temos roupas certas, precisamos das bebidas naquelas mesas, mas por enquanto o que temos são teias de aranha no reservatório de poções. Até tínhamos ido para a casa para as férias de inverno, mas voltamos rapidinho quando soubemos que ia ter esse baile, do bruxão do ano ou algo assim. Ninguém ali ia aproveitar como deveria, homens e mulheres não sabem fazer festa, deixe isso para os jovens.
Meus interesses são claros: preciso de algumas garrafas, senão a festinha de volta às aulas na sala comunal da Lufa-lufa não vai ter tanta graça. Alex também pensa assim, mas sei que ele tem esperanças de ver Ann por aqui, agora o irmão dela tá bombando e ele vem de certeza. Bom, se fosse para escolher ver alguém, prefiro admirar Isabella Laurousen (depois de Nina, é claro, saudades dela).
Vamos nessa, hora do show.
Já tínhamos tentado entrar 30 minutos atrás, mas fomos pegos pela Diretora. Agora não tinha nem sinal dela à vista, nosso momento então. Colocamos as máscaras e pegamos os convites falsificados.
Um auror carrancudo vem me revistar, enquanto uma aurora revista Alex. Eu e minha sorte, como sempre. Quando ele me libera, nem acredito, deviam melhorar a segurança! Espero um pouco por Alex, mas ele logo é liberado também.
Estamos dentro.
Fugimos dos fotógrafos, que lançam uns olhares feios para nós. Tentando reconhecer os dois importantes comerciantes por trás das máscaras, eu espero. Até que já tem bastante gente por aqui, mas meu foco é as garrafas lá atrás. Caminhamos até lá e já consigo esconder uma dentro daquele traje de bruxo desgraçado. Vai ter que caber mais umas cinco por aqui.
Ah, vamos curtir um pouco.
Digo quando uma mulher mascarada olha na nossa direção. Não parece muito velha e estamos aqui para socializar, não é mesmo? Alex revira os olhos enquanto eu sorrio na medida que ela se aproxima.

infinitize @JM and @GL

*************************
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lílian Potter
Admin
Admin
avatar

Localização : Hogwarts
Trabalho : Estudar e trabalhar nesse fórum!!! kkkkkkkkkkkkkkk'
Mensagens : 667

MensagemAssunto: Re: Salão de Baile   Sex Dez 30, 2016 3:45 pm



Bruxo Destaque!

Fazia tempo que não via nada de vantagem em ser filha do ''Menino que Sobreviveu'', ou do auror mais elogiado de todos os tempos, mas hoje já está sendo diferente. Primeiro porque toda a nossa família foi convidada e depois porque a festa é no salão novo de Hogwarts, bem aquele que os alunos nunca deveriam entrar nem quando estava em obras. E, uau, é lindo. Mesmo sendo no subsolo, ele é mágico, como o resto da escola.
Toda nossa femília chegou aqui pelo Pó de Flu. Até queríamos vir aparatando, mas perdi minha varinha. Desde a festa da Bella que não vejo ela, vivo adiando a ida ao Olivara's, não sei bem porque, o fato é que não tenho varinha ainda. Por outro lado, mamãe deixou eu comprar um vestido novo, porque, segundo ela, eu não tinha roupas adequadas e com isso acho que ela queria dizer que meus vestidos eram todos curtos demais. Estou então usando um longo, pela primeira vez na vida acho, com sapatilhas de balé. Porque pretendo danças hoje e ninguém vai ver meu pé mesmo. Também estou usando uma máscara que combine, comprada em loja de Trouxas, mas tudo certo, eu acho que eles tem os melhores lugares para comprar roupas mesmo.
Alvo está uma graça com seu traje social de bruxo e não paro de dizer isso para irritá-lo, hoje estou fazendo o papel de irmã mais nova pentelha perfeitamente. Quanto a Tiago, ninguém vê ele faz um bom tempo, para variar.
Paramos na frente dos fotógrafos, que querem uma foto da família e ficam perguntando onde está o filho Potter mais velho. Meu pai dá um sorriso sem graça e diz que ele já vai aparecer, ah, tá, como se a gente soubesse de algo. Então uns jornalistas grudam meu pai, falando sobre o prêmio que ele pode ser que venha a receber e eu olho para mamãe. Ela está ali, toda orgulhosa ao lado dele. Alvo já sumiu de vista e eu logo faço a mesma coisa, embora tenha ordens claras para não ficar muito longe do meu pai, o risco de ataques hoje é grande e ele está com medo.
Bom, eu estou com fome, e ataco os salgadinhos.

Tags: salão de baile - com os Bruxos Destaque do Ano
Roupas: Essas
musica: Shout Out to my Ex - Little Mix

*************************



Última edição por Lílian Potter em Qua Jan 04, 2017 2:33 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://arestomomentum.forumaqui.com
Victoire Delacour
Ministério da Magia
Ministério da Magia
avatar

Localização : Departamento de Mistérios - Chalé das Conchas
Trabalho : No Departamento de Mistérios
Mensagens : 158

MensagemAssunto: Re: Salão de Baile   Seg Jan 02, 2017 3:51 pm




"Another normal feeling..."


Ele havia esquecido e para mim foi a gota d'água. Estava cansada de jantar sempre sozinha, de não ver mais ele, de fingir que estava tudo bem. Estava doendo não falar com Ted, mas não respodi nenhuma de suas mensagens durante todo o dia, só pensando no que faria a noite no baile. Teríamos que conversar, claro, senti o cheiro de bebida quando ele chegou, mas não queria ter uma DR, queria expor o que eu estava sentindo e, principalmente, queria que ele se lembrasse.
Escolhi um vestido a dedo na loja em que costumo comprar, procurava algo com impacto, que fizesse as pessoas olharem, algo que o Ministro da Magia não fazia a muito tempo. Mas ele olhou desta vez, quando desci as escadas em casa, ele estava com os olhos fixos em mim, podia sentir. Desaparatamos juntos, porque sabia que era importante para ele que chegássemos como aquele casal perfeito que todos imaginavam que éramos. Aquele que sempre fomos, na verdade, mas que estava mais distante do que nunca ultimamente.
Não poderia ser tão insensível a ponto de não entender o lado de Ted, sabia da crise que estava enfrentando no trabalho, mas seria muito pedir para que fosse um pouco menos o Ministro e um pouco mais o homem com que me casei? Sentia falta dele o tempo inteiro e não mudava nada o fato de morarmos juntos. Nossos horários não fechavam e nem mais aquelas viagens tinham espaço na nossa vida. Não havia romance nem momentos bons, porque simplesmente não tínhamos tempo. Isso me deixava cada dia mais triste. Pensei em comentar com alguém, mas a outra parte envolvida na minha história, Ted, não era qualquer marido. Era o Ministro e fofocas sobre a vida pessoal de alguém tão importante podiam ter repercussões desastrosas. Então, mantinha tudo para mim, o que me matava aos poucos.
Tão logo chegamos na porta do novo Salão de Baile de Hogwarts, me desvencilhei de Ted e segui até a aurora colocada ali para a revista antes de entrar na festa. Ela era minha antiga amiga e me reconheceu por trás da máscara, provavelmente por causa do cabelo, os Delacour tinham uma cor inconfundível de cabelo. Aria, este era o nome dela, elogiou meu vestido e também a máscara. Sorri, agradecendo. Fui liberada para entrar, mas então minha amiga me desejou os parabéns. Disse que não tinha conseguido mandar uma carta ontem pela coruja dela, pois essa estava doente. Agradeci de novo, tentando com todas as minhas forças não olhar para Ted, pois sabia que ele havia escutado.
E havia percebido que esqueceu do meu aniversário.


Tagged: Todas Wearing: This!




*************************


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Teddy Remo Lupin
Ministro da Magia
Ministro da Magia
avatar

Localização : Ministério
Trabalho : Ministro da Magia
Mensagens : 125

MensagemAssunto: Re: Salão de Baile   Seg Jan 02, 2017 4:09 pm

Ela foi para longe de mim assim que chegamos. Cumprimentei alguns conhecidos e durante a revista, troquei algumas palavras com o auror na minha frente. Ele me informou alguns detalhes sobre a segurança, sobre o posicionamento de defesa dentro do salão, e perguntei sobre Lissa. Fui informado de que ela já estava ali dentro.
Olhei mais uma vez para Vic, para perceber como ela estava linda e atraindo todos os olhares do recinto. E foi então que ouvi a aurora que a liberava para entrar dando-lhe os parabéns. Ah, não. É isso, esqueci o aniversário de minha esposa. Subitamente entendi o porque ela queria tanto que jantássemos juntos ontem e o porque estava tão irritada comigo. Ela nunca ligou tanto para datas especiais, mas esse era o meu trabalho. Lembrar ela de coisas assim, preparar algo especial. Provavelmente percebendo que eu não teria tempo, ela decidiu fazer algo, e consegui estragar um mísero jantar. Mas o problema, é claro, não era só esse.
Victoire estava se encaminhando para a porta do salão, mas consegui alcançá-la a tempo. Ela deixou-se levar para um canto ali perto e então, pela primeira vez no que parecia dias, olhou nos meus olhos. E pude ver toda a tristeza que estava ali. Aquilo mexeu comigo. Como não pude perceber antes, se estava tudo na minha frente? Como pude deixar as coisas chegarem a esse ponto?
- Vic, desculpa. Não sei como pude esquecer o seu aniversário, isso nunca aconteceu antes. O que você quer de presente?
Pergunto, tentando tirar um sorriso dela. Se ela me pedisse um pedaço da lua eu teria que dar um jeito.
Em parte, eu sabia como pude esquecer, sim. O trabalho consumia toda a minha vida agora e sabia que era demais pedir para que ela sempre entendesse as minhas ausências, para que não ligasse em nunca jantar comigo. Sei que ela odeia não ter companhia a noite e não encontrá-la acordada fazia mal para mim também. Segundo diziam, havia me tornado mais frio e calculista do que nunca.
Não estou sendo o cara que ela merece e faria de tudo para mudar essa situação.
Tagged: todos; Notes: bruxo destaque do ano; Credits: Jeess @ etvdf

*************************

Teddy Remo Lupin - Ministro da Magia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Draco Malfoy
Comensal da Morte
Comensal da Morte
avatar

Trabalho : -
Mensagens : 50

MensagemAssunto: Re: Salão de Baile   Ter Jan 03, 2017 2:36 pm

O Ministério não poderia ter escolhido melhor tema para a principal festa do ano. Trouxe a minha assistente junto, ao invés de Astoria, porque pretendia encontrar empresários bruxos importantes, e porque, caso surgisse a oportunidade, haveria uma surpresa para todos ali. Oloked vinha se mostrando organizada e sem medo de trabalho, minha esposa gostava do filho dela e Scorpius gostava dela, no fim, não se mostrou um incômodo tão grande quanto eu pensava. A garota era discreta e sabia o quanto valia o silêncio na Mansão Malfoy, o que era muito bom.
Passo sem problemas pela revista, apenas tive que lançar Imperio no auror à minha frente quando ele desconfiou de minha varinha. Acho que o treinamento dos aurores está evoluindo finalmente, agora eles reconhecem varinhas, mas ainda são seres deploráveis. Percebo uma movimentação incomum num canto logo antes de chegar a porta do Salão. Um homem e uma mulher parecem discutir e reconheço a voz dele. O Ministro da Magia, praticamente já deposto do cargo com todas as complicações que vinha enfrentando, e sua mulher. Victoire Delacour me lembrava da prisão vazia na Central dos Comensais, por causa do tempo glorioso que ela passou lá, em sua lua-de-mel. Hoje seria uma boa noite para repovoar aquelas celas, não consigo pensar em jeito melhor de estrear o novo Salão de Hogwarts do que com um acontecimento que o marque para sempre.
Evito os fotógrafos na entrada da festa pensando em como casamentos mudam as pessoas envolvidas. Se estavam brigando daquele jeito e ele mantinha o cargo mais importante na sociedade bruxa, seria uma questão de tempo até a separação, era a lógica. Dou ordens para Alice permanecer sempre atrás de mim e para que, caso algo aconteça, ela desaparate imediatamente. Acho que consigo me fazer entender. Circulo pela festa procurando um comerciante específico, que encontraria mesmo com a máscara devido à sua estatura. Não estava curioso em relação aos premiados da noite, já tive acesso a lista por meio de informantes no Ministério da Magia e pensava no que fazer com essa informação. De vez em quando, lembrava de algo e virava para Oloked, mandando que tomasse nota. Essa seria uma longa noite.

Loony @ ETVDF



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Victoire Delacour
Ministério da Magia
Ministério da Magia
avatar

Localização : Departamento de Mistérios - Chalé das Conchas
Trabalho : No Departamento de Mistérios
Mensagens : 158

MensagemAssunto: Re: Salão de Baile   Qua Jan 04, 2017 1:36 pm




"Another normal feeling..."


Ted me alcança antes que eu possa chegar no Salão e deixo que ele me leve para a parede ali perto, sabendo que mais exposição sobre nós não melhoraria muito as coisas. Pela primeira vez em dias, encaro ele e deixo transparecer tudo o que eu sentia no olhar. Tristeza, raiva, cansaço. Pude perceber como ele ficou assustado com tantos sentimentos sendo colocados a tona assim. Talvez tenha notado que isso não é resultado de uma só noite, muito menos de um aniversário esquecido, isso tudo já está ali há bastante tempo.
Ele se desculpa e pergunta o que eu quero de presente. Não tenho vontade chorar, pois só me sinto esgotada com toda essa situação. Quero ele de volta, quero que sejamos tão felizes quanto quando éramos namorados, quero que o tempo passe mais devagar quando estamos juntos, quero acordar e ver ele do meu lado, quero voltar a sorrir sem ser algo forçado, quero que ele diga algo sobre o meu novo visual, quero que ele seja menos Ministro e mais meu marido...
Só quero ficar com você, Ted.
Digo, ignorando o sentimento de egoísmo que já tomava conta de mim. Parece que não tenho o direito de exigir isso dele, exigir o tempo dele, enquanto ele tem que cuidar de todo o Mundo Bruxo ao mesmo tempo. Acho que nunca vou tê-lo de volta, 100% ao meu lado. Sempre vão haver reuniões, crimes, lutas, acordos, e essa é a parte da vida dele aonde eu não me encaixo.
Olho para o lado e vejo algumas pessoas nos encarando. Só reforça o sentimento de que nunca seremos mais só nós dois. Não deixo ele falar mais nada e pego sua mão. Eu o amo tanto, temos que achar um jeito de passar por isso. Entramos no novo Salão de Baile e somos bombardeados com flashes e perguntas de jornalistas. De alguma maneira nos reconheceram por trás das máscaras, talvez seja o meu cabelo de novo, e, como fazia muito tempo que não aparecíamos juntos em nenhum evento, querem saber sobre tudo. Vida, trabalho, amigos, filhos (?), casa... Eu apenas sorrio e percebo que Teddy faz o mesmo, embora saiba que essas perguntas terão que ser respondidas ou não seremos deixados em paz durante toda a festa. Então algo inédito acontece: os fotógrafos querem algumas imagens só minhas, para a coluna de moda, eles dizem. Ted balança a cabeça e sorri, como se dissesse que isso é inevitável, sempre ocorre. Dou um sorriso verdadeiro diante da situação inusitada e olho enquanto ele se afasta para responder a algumas perguntas.
Então o foco sou eu e, na verdade, nunca gostei muito disso, mas hoje é bom. Lembra a todos que não sou somente esposa do Ministro da Magia, sou uma mulher bonita e trabalhadora, que talvez esteja enfrentando uma crise no casamento, mas mesmo assim, sou apenas normal. Os fotógrafos ficam felizes com todas as fotos e sou atacada por jornalistas assim que saio daquele espaço. Um deles pergunta o de sempre: como é ser casada com o Ministro?
Não é nada fácil, posso dizer com certeza. Só que, acima de todo o título, de todas as noites em claro, sou casada com o homem que eu amo, e não trocaria nada por isso.
Olho para ''o homem que eu amo'' e vejo que ele parou o que estava falando com outro jornalista para ouvir minhas palavras. Não sorrio, somente o encaro por mais tempo que o necessário. Falei aquilo de coração.
As perguntas continuam e me acompanham durante toda a festa, enquanto evito ficar perto de Ted, para que não voltássemos a ter nenhuma conversa indesejada.


Tagged: Todas Wearing: This!




*************************


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Alice Jessie Oloked
Adulto
Adulto
avatar

Trabalho : Indefinido
Mensagens : 134

MensagemAssunto: Re: Salão de Baile   Qua Jan 04, 2017 2:30 pm



Astoria Malfoy amava Josh e algo me dizia que era só por isso que eu ainda estava naquela mansão. Trabalhar com Draco Malfoy não era tão difícil quanto eu imaginava ser, claro que eu ouvia muitas coisas que não eram nem um pouco legais, mas no geral minha função se resumia a fazer o que ele pedisse e torcer para ter feito certo. Aprendi qual uísque ele mais gostava para cada momento, aprendi a como me equilibrar em um avião usando salto alto, aprendi que quando ele diz ''para agora'' quer dizer para ontem, mas acho que nada disso me assustava porque na maior parte do tempo fazia um trabalho de assistente pessoal semelhante ao que eu fazia no Profeta Diário com Lucian, e isso era relaxante, lembrava uma rotina normal.
Claro que não era normal, porque não era com Lucian, primeiramente, embora agora eu já pudesse falar o nome dele sem que doesse tanto. Segundo, porque havia Josh, que era um bebê exemplar e quase não chorava. Agora estava com quatro meses e mais feliz do que nunca, porque a Sra. Malfoy o mimava sempre que podia e acabava me ajudando, sem querer. Ainda havia o terceiro fator, o salário. Nunca ganhei tantos galeões na vida e chegavam a sobrar alguns no fim do mês, mesmo com compra de fraldas e roupinhas. Se para tudo isso eu só precisava aguentar algumas ligações no meio da madrugada, de algum país muito distante da Inglaterra, pedindo para que procurasse algum documento no escritório, tudo bem.
Scorpius havia tentado ficar comigo algumas vezes, como um imaginei que faria, mas expliquei a ele como um me sentia fechada para qualquer coisa desse tipo e ele pareceu entender, mas não deu nenhum sinal de que iria desistir. Josh gostava muito mesmo dele e fazia festinha quando os dois iam fazer ''programas de homem'', como o filho do meu chefe dizia. O que se resumia a ficarem os dois juntos no quarto de Scorpius assistindo a alguma partida de Quadribol. Meu filho sempre pegava no sono e o Malfoy dizia que ele nunca seria um atleta.
Agora tinha tempo para ele e tempo para mim, pois Draco viajava muito e, quando eu não ia junto, quer dizer que estava de folga. Quando eu ia, levava meu filho que, até agora, já tinha visitado seis países diferentes. Havia começado a fazer um álbum de fotografias para ele e finalmente me sentia como uma mãe de verdade. Ficava feliz com o crescimento e com as pequenas coisas que ele conseguia fazer. Mesmo assim, ainda não havia tido a coragem de falar com minha mãe ou com Lucian ou com Bella. Essas pessoas era importantes para mim e precisavam de alguma explicação, mas não me sentia pronta para os julgamentos ou os conselhos. Victoire tinha sido uma ótima amiga e não comentado nada com ninguém, pelo menos até onde eu sei, porque na semana seguinte sai do bar. Dara me mandava cartas perguntando sobre Josh e dizendo que não tinham conseguido uma garçonete a minha altura ainda. Eu estava tranquila, havia melhorado muito a minha vida e por mais algum tempo poderia continuar assim.
Quando o Sr. Malfoy, era melhor chamá-lo assim, avisou que iríamos a um evento e me deu algum dinheiro para comprar um ''vestido decente'' e uma máscara, percebi que seria algo importante, mas não imaginava o quanto até desaparatarmos aqui. Hogwarts, ou seja, a festa seria inteiramente de bruxos. Fiquei congelada no meu lugar por um tempo, pensando em tudo que podia acontecer, em todos que podia encontrar, em tudo o que iria lembrar, e agradecendo por estar de máscara, esperava não ser reconhecida por ninguém. Tinha tudo para passar despercebida esta noite, havia escolhido um vestido simples e básico, uma máscara como tantas outras, algo que achei próprio para uma assistente pessoal, que estava ali só para anotar pensamentos e lembrar o chefe de nomes importantes.
Consegui caminhar até a aurora, mesmo que um pouco mais nervosa do que o habitual, pensando que Draco seria barrado, por todas as atividades que realiza na parte escura do mundo bruxo, e que eu seria barrada, porque me reconheceriam como a filha perdida da chefe dos aurores. Chefe essa que certamente estaria ali dentro e não ficaria nada feliz ao ver que o Sr. Malfoy havia acabado de ser liberado para entrar pela sua segurança. E que não ficaria feliz em me ver também, com certeza, não sabia muito o que esperar do nosso encontro, só queria que ele não acontecesse hoje. Quando entro, vejo todos os meus ex-colegas de profissão ali e sei que Lucian está no meio deles. O Profeta Diário não poderia perder a cobertura do evento... Bruxo Destaque do Ano. Li em uma faixa ali por perto, e, claro, deveria ter lembrado, é o baile mais esperado do ano para os jornalistas, tantas matérias a escrever, tantas fotos a publicar, as lembranças me machucam um pouco. Lembro de tudo o que perdi como em uma onda e penso no que farei quando Josh crescer.
Tento concentrar-me no momento e desvio dos jornalistas a exemplo de Draco. Ele me dá ordens claras para permanecer atrás dele sempre e desaparatar caso algo aconteça. Essa última parte me deixa temerosa, porque sei que algo vai acontecer, mas gosto da ideia de ficar atrás dele. Nessa noite decisiva, só queria passar despercebida.

DRESSING - MANSÃO MALFOY
thanks juuub's from @ bg!  

*************************
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Isabella Laurousen
Auror
Auror
avatar

Localização : Ministério | Lá em casa...
Trabalho : Aurora
Mensagens : 257

MensagemAssunto: Re: Salão de Baile   Qui Jan 05, 2017 2:22 pm

                            So the hearts keep breaking!
Taggeds: com todos - salão de baile
Clothes: Isso
Phrase: Kept it warm in the winter, left them frozen in the spring, My, my, how the seasons go by, I get high and I love to get low, So the hearts keep breaking and the heads just roll, You know, that's how the story goes!
Lyrics: Ex's & Oh's - Elle King
Estava de ressaca por causa da festa de ontem, ou talvez ainda fosse culpa do meu aniversário na piscina, porque depois de todo o rolo com Dominique e Jon, tive que beber muito para esquecer tudo. Acordei com Tiago, dentro do bar, e muitas garrafas ao redor. Desde aquela noite não falava com meu irmão e nem com Anne, já que ela parece que tinha visto a briga e fugido de casa. Nossa caçula nunca foi muito decifrável mesmo.
Cada passo que eu dava doía dentro do meu cérebro e eu sabia que quem chegasse perto de mim ainda sentiria o cheiro de bebida, mesmo depois de uns três banhos. Podia ser pior, certo? Minha chefinha me proibiu expressamente de vir de salto para o evento do século: o Bruxo Destaque. Ela esperava um ataque e eu só estava torcendo para não acontecer nada. De qualquer forma, aqui estou eu, sem salto, com um longo vintage que dá destaque para minhas melhores partes e loira. Sim, porque não aguentei nem um mês com aquelas mechas magenta e fiz uma californiana. Nada é mais aceito do que isso em L.A.
Sou revistada e obrigada a tomar o lugar da aurora que está fazendo as revistas nas mulheres, enquanto ela vai atender a algum pedido de Lissa. O que o trabalho nos faz, não é mesmo? De it-girl em L.A. para segurança de festa em Hogwarts, só para provar como o mundo gira. O treinamento eu até tinha e já pssei por coisas piores que isso, então abrir as bolsas das mulheres e ver a marca de batom que elas usam não ia ser tão complicado. Passam por mim um Mac, um Sephora e um Victoria's Secret, mas agora uma fila começa a se formar para entrar e quando minha colega volta do banheiro (ou seria da conversa com Lissa? Ih, hoje estou lenta), não sou dispensada como imaginava, tenho que ficar ali e ''ajudar''.
Tiago e eu tínhamos combinado de beber algumas antes de vir para cá, lá em casa, mas eu demorei e ele também não apareceu. Podia apostar que ele não estava dentro do novo salão de baile de Hogwarts. Na verdade, nunca gostei desse castelo, é mágico e tudo o mais, mas fede a lugar velho, só esperava que quando entrasse no lugar do evento de fato, ele me surpreendesse. Podia ouvir fotógrafos e jornalistas parando todas as pessoas que entravam, pelo burburinho, o Ministro da Magia e sua esposa tinham acabado de dar as caras. Ouvi alguns comentários sobre uma briga antes deles entrarem e suspirei. Como eu sempre digo, o amor não dura para sempre.
Zoey @ ETVDF

*************************


Isabella Laurousen
18 - Aurora - Girly - Free, baby!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rosalie Lyanna Catelyn
Comensal da Morte
Comensal da Morte
avatar

Localização : Variada
Trabalho : -
Mensagens : 90

MensagemAssunto: Re: Salão de Baile   Qui Jan 05, 2017 3:26 pm


Conseguir um emprego no St. Mungos até que foi fácil, agora conseguir turnos para trabalhar com Dominique, a amada do meu novo amado, foi difícil. Todos queriam ela e, quando finalmente consegui, entendi o porquê. Ela era dedicada e (eca) querida ao extremo. Dava vontade morrer. Mesmo assim continuei levando as flores e tudo o mais que Jon mandava para ela. O idiota gastou uma grana preta com joias, mas fazer o quê, apaixonados são idiotas. Nunca fiquei para ver a reação dela e ele nunca perguntava. Fazer uma de cupido era cansativo, mas ajudava a manter meu papel.
Levar o jogador de quadribol mais famoso do momento para cama também deu um pouco de trabalho, mas como sempre consigo o que quero, estava feito. Mais de uma vez e eu até que tinha gostado. Já vi melhores. Acho que ele só se deixou seduzir porque a irmã mais nova, Anne - minha vítima preferida, tinha fugido de casa. Agora sei que se tem alguém que ele ama mais no mundo do que a loira Delacour, é a irmã, e foi só aproveitar o momento frágil. Anne ainda não tinha voltado para a mansão deles em Paris, por isso não viu que eu passei a morar lá. Inventei uma história sobre minha casa ter pego fogo por métodos trouxas e Jon não ia me deixar sem teto, claro. Estava usando a casa dele como esconderijo, mas isso era só um detalhe.
Como não tinha quem convidar para o baile do bruxo destaque do ano, ele me perguntou se queria ir. Pensei em não aceitar, porque poderia ser reconhecida e tal, e não estava nem um pouco a fim de passar mais uma temporada em Azkaban. Só disse sim quando ele comentou que seria um baile de máscaras. O esperto ministério falando a língua dos comensais, é assim que eu gosto. Comprei um vestido preto provocante e uma máscara, quer dizer, ganhei essas coisas. O Laurousen mais famoso tinha muito dinheiro para gastar e gostava de mim, o que, cedo ou tarde, traria alguma vantagem. Ou ele só gostava dos meus sushis mesmo. Era a única coisa que eu sabia cozinhar e fazia praticamente toda a noite, no começo para jogar charme para ele, mas no final até que estava sendo... Interessante.
Depois dos sushis desta noite, viemos para Hogwarts. Ah, como é bom estar aqui de novo, só esperava ver todos os comensais preparados, porque essa era uma oportunidade única para um ataque, e que ninguém me reconhecesse. A máscara era boa e acho que outras coisas em mim chamariam mais a atenção. Jon não parava de olhar para o meu decote. Comentei isso com ele, estávamos melhores amigos, e ele só riu. Cada dia melhor. Percebo a segurança forte assim que entro, isso é novidade.
- Parece que estão prevendo algo.
Penso alto e dou uma gargalhada rapidamente para disfarçar. Atraio olhares nas filas para a revista, como sempre, antes de escolher uma aleatória, com Jon logo na do lado. Chega na minha vez e o auror é um homem, ah, que ótimo. Ele fica meio perdido ao me analisar, pede para que eu abra a bolsa e vire de costas, encostando em mim, quase que por engano. Claro que sou liberada, mas percebo o olhar dele me acompanhando. Espero por Jon para que entremos juntos, vão reconhecê-lo, de certeza, e quero meus minutos de fama, ou só quero que Dominique fique com ciúme mesmo.


Thanks Zafrina

*************************

Lyanna * Comensal * Linda
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dominique Delacour
St. Mungus
St. Mungus
avatar

Localização : St Mungus e Chalé de Conchas
Trabalho : Estagiária no St. Mungus
Mensagens : 179

MensagemAssunto: Re: Salão de Baile   Sab Fev 18, 2017 11:16 am

SALÃO DE BAILE- POST #104


Eu não perderia esse evento, com certeza. Além disso, é mais uma desculpa para comprar um vestido longe deslumbrante, com um salto igualmente arrasador. Meu cabelo estava lindo hoje, preciso reconhecer. A maquiagem fez um bom trabalho escondendo minhas olheiras. O trabalho ainda estava me matando aos poucos, os plantões e tudo mais. Não é fácil ser médica há pouco tempo, por causa da carga horária, mas é bem gratificante. E eu estava sentindo falta das festas e dos eventos, por isso não perdi a oportunidade de vir.
Sabia que as chances de encontrar Jon aqui eram grandes. E não tenho certeza de como me sento em relação a isso. Ainda o amo, isso tenho certeza. Ele manda joias, flores e presentes para mim, cumprindo a promessa dele que não desistiria da gente. E também era mais uma mostra do quanto ele estava se dando bem como jogador de quadribol, porque eu sabia que aquilo tudo não saiu barato. Apesar de tudo, eu arranjava tempo para acompanhar os jogos deles, nem que seja só os resultados e alguns comentários. E estava orgulhosa. Quanto às fofocas e notícias dele em específico, ignorava todas. Nunca usei nenhuma das joias que ele deu, e também não estava usando hoje. Mas também não as devolvi, pois achei que mandaria a mensagem errada. Não desisti completamente dele também. Porém, pedi para ele parar de comprar todas aquelas coisas. Não me importava com isso, e não queria que ele desperdiçasse o dinheiro dele. Enquanto entro e deixo uma aurora me revistar, penso um pouco nele, e naquele maldito vídeo, que me decepcionou muito. Junto comigo estava um dos meus amigos do hospital, nós temos estados muito juntos, nossos plantões coincidiam. Ele encontra uma garota com quem costumava estar junto e vai até ela, com um sorriso malicioso no rosto. Já eu vejo logo minha irmã, o cabelo dos Delacour é bem marcante. Também percebo que ela está estranha. Triste. E odeio vê-la assim, principalmente depois do aniversário dela.
Não hesito e caminho até onde ela está. Vic conversa formalmente com alguém, mas eu trato logo de dispensá-lo educadamente e com um sorriso acolhedor no rosto, o que faz com que ele não se importe.
Vic, teu sorriso falso é encantador, mas sabe que nunca vai me enganar com isso.  
Fui direto ao ponto. Eu confiava nela com a minha vida, e ela sabe que pode contar qualquer coisa para mim. Suspeitei que ser casada com um dos homens mais importantes do mundo bruxo não deveria ser fácil.
Com o canto do olho, percebo Jon entrando no salão. Acompanhado com uma mulher muito linda, por sinal. A reconheci como uma das que trabalhavam comigo no St. Mungus, e confesso que senti ciúmes da proximidade dela com ele. Meu sorriso sarcástico que antes estava estampado no meu rosto falha um pouco, mas logo trato de voltar minha atenção para Vic.   

 |  thanks juuub's  !

*************************
Dominique Delacour
18 anos x Médica do St. Mungus
@thanks
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jon Laurousen
Jogadores de Quadribol
Jogadores de Quadribol
avatar

Trabalho : Jogador de Quadribol
Mensagens : 132

MensagemAssunto: Re: Salão de Baile   Ter Fev 21, 2017 6:28 pm

Viver a sushi estava sendo uma boa experiência. Cath acabou indo morar lá em casa, viramos amigos, dormimos juntos, e tudo o mais. Mas nada ainda importava, só Dominique importava. Ela recebia minhas flores e as jóias, mas nunca perguntei a Cath como reagia. Queria uma resposta, mas se ela fosse negativa não sei o que iria fazer. Já estava sendo difícil o suficiente sem Anne, não ter notícias dela me deixava preocupado todos os dias, e pensar em minha outra irmã e no que ela tinha feito me deixava irritado. As mulheres da minha vida iam acabar me matando.
Sou convidado para o evento que vai premiar os bruxos que se destacaram ao longo do ano e acho que esse é um forte indício de que serei premiado, mas não estou esperando nada demais. Trago Cath  junto e ela está muito chamativa, no bom sentido, com aquela roupa e se diverte comigo. Temos que usar máscaras e pegamos filas diferentes para sermos revistados na porta do salão. Quando chega a minha vez, reconheço a aurora na minha frente imediatamente: minha querida irmã Isabella. Ela também me reconhece, é claro, e me lança aquele olhar debochado em que é especialista. Coloca a mão no meu bolso de propósito e sem necessidade. Acha a varinha e alguns cigarros, lançando dessa vez um olhar surpreso para mim.
Você não tem nada a ver com a minha vida a algum tempo, Isabella.
Sei que ela odeia não saber algo, por isso mesmo não explico nada. Não é como se eu estivesse viciado ou algo assim, só não queria beber e talvez acabar como naquela outra noite. Isso também ajudava nos treinos, pelo menos para passar por eles e não me preocupar com quedas de 10 metros de altura, pontos perdidos e narizes quebrados - que não foi bem culpa do Quadribol. Agora só estava com o arrependimento de ter entrado na briga com o Tiago, não mudou nada em nada, só piorou.
Minha irmã parece que vai comentar alguma coisa, mas pego de volta os cigarros e a varinha e dou às costas pra ela, indo encontrar Cath. Entramos juntos e de alguma forma me reconhecem. Depois das fotos, as perguntas começam. O encontro com Isabella acabou com meu humor, mas Cath parece se divertir negando que somos namorados, embora ninguém pareça estar acreditando nela. Quando conseguimos nos livrar dos jornalistas já estou rindo com ela de novo, como sempre parece que acabamos no fim.
Algo me chama a atenção na multidão: um certo cabelo inconfundível. Dois, na verdade. Victoire e Dominique estão conversando ali perto e quase vou até elas, quem sabe para resolver tudo de uma vez, mas parece que estão falando sobre algo sério, então deixo passar. Até o fim da noite tenho que falar com Domi, tenho que resolver tudo hoje.
Cath e eu pegamos bebidas e ela comenta sobre como eu faria um drink melhor. Sorrio, tentando ignorar os sussurros ao nosso redor, comentando sobre ''nova namorada'' e ''ele não merece mesmo a Delacour''. Quando vejo Teddy, quase não o reconheço, e nem é por causa da máscara, ele parece meio morto-vivo. Cath diz que vai procurar comida, parece que não se contentou com o próprio sushi, e eu vou até ele.
Meu Ministro! Quanto tempo! Que cara de zumbi é essa?


| Salão de Baile | Acompanhado |

*************************
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Victoire Delacour
Ministério da Magia
Ministério da Magia
avatar

Localização : Departamento de Mistérios - Chalé das Conchas
Trabalho : No Departamento de Mistérios
Mensagens : 158

MensagemAssunto: Re: Salão de Baile   Qui Fev 23, 2017 6:18 pm




"Another normal feeling..."


Estou respondendo sobre o trabalho no Ministério e tenho que negar pela milésima vez que encontro Ted escondida em algum lugar secreto lá dentro. Todos tem essa ideia absurda de que nosso relacionamento perfeito é regado à flores, bombons e ursos de pelúcia. O amor não é só isso e, ah, se todos soubessem da verdade... Quando noto que o jornalista para de me olhar e foca em algo atrás de mim, viro e me deparo com Domi. Sei que é ela principalmente pelo cabelo, é claro, mas reconheceria minha irmã em qualquer lugar. O cara vai embora assim que ela sorri, deixando claro que quer conversar comigo sozinha. Abraço ela e tento esconder o que estou sentindo, mas ela é observadora, se não não seria a melhor médica do St. Mungos eu acho, e logo quer saber o que tenho.
Respiro fundo antes de responder, tentando estender o momento, então percebo quando ela se vira para a entrada e vê Jon com uma mulher morena meio vulgar. Ele estava cada dia mais bonito, tinha que admitir, mas sei que ainda mandava coisas para Dominique no hospital, coisas caras, do tipo que só se manda para quem se ama. Não entendo o porque dele aparecer com uma outra pessoa, ainda mais um tipo como aquele que, pelo que conheço de Jon, não tem nada de que ele goste. Domi volta para mim e eu finjo que não vi o foco de seu olhar. E falo a verdade.
Briguei com Teddy... Ah, Domi, está cada dia mais difícil...
Sei que ela vai entender o que quero dizer, não é a primeira vez que me vê triste por causa do meu marido. Conto a história do jantar por cima, passando pelo fato de que ele esqueceu de meu aniversário, mas deixando claro que não era isso que estava me abalando. Algumas lágrimas surgem nos meus olhos quando conto que ele tentou concertar tudo da pior forma possível antes de entrar aqui, oferecendo qualquer coisa de presente. De repente, penso em como ela está em uma situação parecida e em como isso é devastador. Seco os olhos, com cuidado para não borrar a maquiagem e reparo atrás dela em Jon nos olhando. Esses dois merecem um final feliz. O que ele fez foi horrível, claro, vi o vídeo, mas sei que é apaixonado. Merecem ter o que Ted e eu costumávamos ter.
Você está linda, dra. Delacour. E não sou só eu que acho.
Minha irmã veste um longo exuberante, nada parecido com o quê a morena em questão está usando, e ostenta aquele ar sereno que lhe é característico. Tão adulta, parece que foi ontem que brincávamos de casinha na praia, arrancávamos os cabelos por causa de testes em Hogwarts e nos uníamos contra Louis. Amo-a tanto e sinto saudades desse tempo. Agora é uma nova fase, mas sei que estaremos sempre juntas.
Ela vira para onde estou olhando, mas Jon já está rindo com a sua acompanhante. Vejo de relance Ted ali por perto e, por um momento, acho que ele vem falar comigo. Consegui evitá-lo durante um bom tempo, mas sabia que não duraria muito, ele é o Ministro, afinal, se quisesse acabar com as entrevistas e se desvencilhar de todos tenho certeza de que conseguiria. Fico mais aliviada quando Jon o para e volto para Domi.
Chega de falar de mim e do meu casamento, vamos falar de você. Da premiada da noite. Me conta, os presente dele continuam? Você vai perdoá-lo?


Tagged: Todas Wearing: This!




*************************


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Narrador

avatar

Trabalho : '
Mensagens : 98

MensagemAssunto: Re: Salão de Baile   Sab Fev 25, 2017 1:56 pm





Auge da festa, todos riem, se divertem e os jornalistas coletam a cada minuto mais material para as reportagens de amanhã. O Bruxo ''Destaque do Ano'' está sendo um sucesso e já é um baile que ficará na memória de todos.
O Ministro da Magia, Teddy Remo Lupin, é chamado ao palco para apresentar os grandes ganhadores da noite e o silêncio toma conta do Salão de Baile. O máximo representante do Mundo Bruxo começa agradecendo a presença de todos e continua explicando como funcionarão as formalidades da noite.
De cada esfera da sociedade mágica, será chamado a subir no palco e receber o prêmio, das mãos do Ministro, o Bruxo que mais se destacou durante o ano. Este levará para casa um troféu simbólico, uma soma em dinheiro bruxo e a adoração e a admiração de todos. O troféu deste ano mostra um Bruxo parado em frente ao Castelo de Hogwarts, que aparece e desaparece magicamente, devido a um complexo feitiço.
Então, o Ministro Lupin começa a chamar os premiados, que radiantes são fotografados e agraciados com os louros da noite. São eles:
- Do Profeta Diário, Rose Weasley, pelas maravilhosas fotos que sempre conseguem captar, suave e delicadamente, o melhor de cada momento e transmiti-lo com integridade aos leitores!
- Do Hospital St. Mungos, Dominique Delacour, pelo atendimento humano e preciso dedicado a todos, sem distinções, algo que faz com que seja admirada dentro e fora do ambiente de trabalho!
- Do Quadribol, Jon Laurousen, por ter resgatado o amor da nação bruxa por esse esporte tão popular, jogando com afinco e determinação, inspirando as nossas crianças!
- Do Ministério da Magia, Isabella Laurousen e Tiago Sirius Potter, uma dupla de aurores que trabalha de forma espetacular junta, travando importantes batalhas na obscuridade do Mundo Bruxo, com coragem e ousadia!
- ...

A lista seguiu ainda, passando por nomes de famosos comerciantes e membros dos corpos docentes escolares de todo mundo. Os Bruxos Destaque davam entrevistas e posavam para fotografias, enquanto o salão voltava a celebrar, comendo e dançando ao som de uma famosa banda bruxa.
A noite estava só começando.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Isabella Laurousen
Auror
Auror
avatar

Localização : Ministério | Lá em casa...
Trabalho : Aurora
Mensagens : 257

MensagemAssunto: Re: Salão de Baile   Sab Fev 25, 2017 3:14 pm

                            So the hearts keep breaking!
Taggeds: com todos - salão de baile
Clothes: Isso
Phrase: Kept it warm in the winter, left them frozen in the spring, My, my, how the seasons go by, I get high and I love to get low, So the hearts keep breaking and the heads just roll, You know, that's how the story goes!
Lyrics: Ex's & Oh's - Elle King
Vi quando Dominique Delacour chegou e arrancou suspiros dos bruxos ao seu redor, mas nada se comparou ao que entreouvi quando um deus grego parou à minha frente para ser revistado. E não era qualquer um, era meu irmão, Jon, artilheiro do Puddlemere United, o melhor, diga-se de passagem. Reconheço-o imediatamente, mas mantenho uma expressão neutra, como se ele fosse só mais um, e esvazio seus bolsos: varinha e... Cigarros? Oi? Meu irmão certinho agora estava fumando? O que foi que eu perdi? Claro que todos os amigos dele em Paris costumavam fumar, mas ele sempre negou cigarros dizendo que não precisava ser cool e tudo o mais. Eu também nunca fumei, o cheiro de fumaça nas roupas não faz nada bem para minha imagem. Acho que deixo transparecer a surpresa no rosto e até a dor de cabeça some um pouco com essa descoberta, acabo então com o meu fingimento. Ele comenta que não tenho nada a ver com sua vida a algum tempo e então fico boquiaberta, ele era um dos poucos que conseguia me surpreender, mas hoje estava demais. Ele não espera para me ouvir e vai até sua companhia. Fumando, sendo grosso, entrando no salão com uma morena de matar... Ao meu lado, a aurora comenta sobre como queria ser aquela mulher e eu digo que acho que ela não está perdendo nada. Continuo as revistas por mais algum tempo, mas os cigarros e a mulher misteriosa não me saem da cabeça. Ela provavelmente devia ser só mais uma fã de quadribol, mas meu irmão não costuma sair com elas, ainda mais quando se provou tão apaixonado pela Delacour que sugeriu largar sua nova vida para ficar com ela. E tinha mais uma coisa errada: a morena fatal era... Bem, morena. Jon não gosta de morenas, todo mundo sabe disso. Ainda havia os cigarros, o que tinha sido aquela resposta? Ele estava bravo comigo, claro, mas a reação esperada dele seria me ignorar. Tudo muito estranho.
Quando as pessoas param de chegar, sou liberada para ir lá para dentro e ver a cerimônia, com os olhos atentos a qualquer movimento suspeito, é claro. A princípio acho isso estranho, achei que me manteriam na porta durante a noite inteira, mas quem sou eu para reclamar, não é mesmo? Depois entendo tudo. O Ministro começa os trabalhos e então... Sou chamada. Fui premiada. Bruxa Destaque do Ano. Não estava de jeito nenhum esperando isso, mas fazia sentido premiarem Tiago e eu, por sermos '' uma dupla de aurores que trabalha de forma espetacular junta, travando importantes batalhas na obscuridade do Mundo Bruxo, com coragem e ousadia'', nas palavras do Ministro. Desde que havíamos voltado, estavam nos fazendo trabalhar que nem loucos, eu tinha abandonado os saltos para ir ao Ministério e ele tinha maneirado um pouco na bebida, nos davam cada vez mais missões e cada vez menos folgas. Recebemos o reconhecimento dos outros aurores, mas nunca achei que subiria no palco como a melhor bruxa do Ministério da Magia inteiro. Ou talvez tenha achado, sim, só que não sendo tão nova. Bom, melhor nova e linda, do que velha e sem dentes, por exemplo. Desejei estar com um salto deslumbrante quando recebi o prêmio das mãos de Lupin e posamos para uma foto. Tiago não apareceu, claro. Esperamos por alguns poucos segundos até o Ministro decidir que ele não viria mesmo, conhecendo o amigo como ele conhecia, sabia que ele não estava sequer ali. Apesar disso, meu namorado também merecia o troféu, estava se matando bastante ultimamente prendendo comensais e suspeitos.
Desci do palco e fui recebida pelos meus colegas aurores, dizendo que era mais que merecido aquilo e comentando como eu tinha mudado profissionalmente. Claro, pessoalmente, em casa, eu ainda era a mesma, com roupas caras, cabelos diferentes, festas de arrasar e amigas patricinhas que nem imaginavam onde eu trabalhava. Para eles, eu merecia vários abraços e beijos, alguns também comentaram para levar os parabéns até Tiago e perguntaram se eu sabia onde ele estava. Respondi que nem imaginava e então reparei que meu irmão e Dominique também tinham recebido o prêmio, doce destino. Dei mais algumas entrevistas antes de ir até minha chefinha e a abraçar. Sabia que devia ter dedo dela nessa história e, na verdade, a pesar de ser bem exigente, ela me fez uma aurora muito melhor. Sem contar que compartilhávamos o vazio que Alice deixou quando se foi, e acho que é por isso que ela me abraça forte de volta e diz que foi muito merecido. Antes de, é claro, reclamar do fato de Tiago não estar aqui e me mandar dizer a ele que ficaria um mês arquivando coisas no escritório dos aurores. Ui, isso era ruim. Saio rapido dali com o troféu nas mãos e uma taça de champanhe que alguém me deu na outra. Penso por um momento e coloco a taça em uma mesa. Ainda estava de ressaca, apesar de tudo, e não podia beber em serviço. Nossa, acho que mudei mesmo. Troféu merecido.
Zoey @ ETVDF

*************************


Isabella Laurousen
18 - Aurora - Girly - Free, baby!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Teddy Remo Lupin
Ministro da Magia
Ministro da Magia
avatar

Localização : Ministério
Trabalho : Ministro da Magia
Mensagens : 125

MensagemAssunto: Re: Salão de Baile   Ter Fev 28, 2017 2:12 pm

Vic responde algo mais ou menos como eu esperava: quer ficar comigo, e com isso quer dizer que eu tenho que ficar mais com ela, em casa, em qualquer lugar que estejamos juntos, algo que não faço a algum tempo. Não tenho resposta para isso, só o que sabia é que nunca mais queria vê-la triste daquele jeito por minha causa. O problema é que não podia prometer estar sempre por perto, não na carreira que escolhi para mim, não podia ser quem ela esperava e queria naquele momento. Como resolver isso?
Entramos juntos no Salão e chamamos mais atenção do que os olhares no corredor. Ficamos parados um ao lado do outro, fingindo sorrisos e um pouco desconfortáveis. Não consigo me conformar em como deixei isso chegar tão longe sem nem mesmo perceber o processo. Quando os jornalistas pedem fotos só dela, dou de ombros, genuinamente feliz e orgulhoso, e caminho até eles. Minha esposa está mais linda do que nunca e eu que não tinha prestado tanta atenção ultimamente, fico surpreso. Victoire está mais incrível ainda do que quando nos casamos e eu nunca imaginei que isso fosse possível. Demoro ainda um pouco para perceber que há alguém me fazendo uma pergunta e olho mais alguns segundos aquela beleza estonteante antes de virar para um jovem que parece nervoso e radiante por eu ter vindo para perto dele.
Detalhes da segurança de hoje, os possíveis ganhadores, a Comensal fugitiva, querem saber sobre tudo e começo a responder da melhor maneira possível. Quando vejo que Vic também foi rodeada por entrevistadores, paro no meio de uma resposta para escutá-la falar. Ela fala com sinceridade sobre ser casada comigo e, em minha cabeça, vejo como deve ser difícil para ela esta parte também. Todos especulando sobre sua vida e sua intimidade, e o apoio nulo que sempre lhe dei a respeito disso. Me sinto envergonhado por ter todas estas revelações só agora, mas quando ela termina e me olha, só sei que a amo muito. Ela não sorri, mas balanço a cabeça como quem entende e pede desculpas. Adiamos uma conversa importante.
Durante toda a cerimônia respondo perguntas e socializo com figuras importantes do Mundo Bruxo, percebo alguns aurores me seguindo onde quer que eu vá, três ou quatro, e penso que a conversa mais importante que terei hoje será com Lissa Oloked. Nada poderia dar errado nesta noite e sei que ela estava trabalhando duro nisso, nunca a demitiria, claro, mas nosso setor defensivo vinha falhando em vários aspectos importantes. Localizo Vic de relance algumas vezes e noto que também há aurores em sua volta, assim como alguns de prontidão encostados nas paredes. Todo o setor está aqui e percebo que é um dos maiores esquemas de segurança já montados para um evento bruxo.
No meio da festa, encontro Jon. Fazia muito tempo que não nos víamos, provavelmente desde que ele me contou que largou o Ministério e foi jogar Quadribol. Acompanhava suas performances fenomenais nos jogos, ou pelo menos as notícias delas, porque já fazia algum tempo que não via uma partida de jogo algum. Vejo quando uma mulher ao lado dele sai e ele se dirige a mim. Meu melhor amigo nota minha expressão de derrota e pergunta o que aconteceu.
- Estou começando a achar que você, Tiago e Louis tinham razão...
Não tenho tempo para explicar o que queria dizer, pois logo em seguida sou chamado ao palco para o momento mais importante da noite. Me livro da máscara e começo o discurso planejado com cuidado. Sempre faço questão de participar da montagem do que vou dizer em qualquer cerimônia, não faz sentido que eu fale sobre algo que nem ao menos sei do que se trata. Explico, então, como os premiados são escolhidos, algo que considero muito importante devido à lista que sei que conterá muitas pessoas ligadas a mim de alguma forma, e como eles devem proceder para pegar seu prêmio. O troféu este ano é realmente muito impressionante e a soma em dinheiro destinada para cada vencedor também, mas todos os citados serão merecedores, sem dúvida.
Fico feliz em entregar os prêmios para cada nome que chamo. Rose Weasley sempre foi parte da minha infância e a considero uma prima, lembro de festas de Natal e reuniões de domingo com ela; Dominique é minha cunhada e lhe dou um belo abraço, lembrando de todas as coisas na minha vida que ela ajudou a tornar possíveis e admirando a incrível médica que ela se tornou; Jon não parece tão surpreso por ter ganho, mas fico feliz de entregar o troféu para ele mesmo assim, porque ele se encontrou em algo que gosta de fazer e está feliz; Isabella e Tiago simplesmente funcionam bem demais juntos, mas confesso que fiquei um pouco surpreso ao saber se seriam fortes candidatos os prêmio, tenho que confessar que os dois têm seus defeitos, porém se jogam de cabeça em qualque coisa louca o suficiente e fazem tudo funcionar, também merecem o destaque devido, embora Tiago pudesse ao menos ter aparecido e não nos feito esperar em vão.
A lista segue com nomes famosos e conhecidos, porém jovens, o que me agrada de certa forma, pois estes destaques representam o futuro e, no momento, acho que o futuro está em boas mãos. Quando termino, os jornalistas me deixam em paz, porque o que querem é entrevistar os ganhadores, que estão radiantes recebendo os parabéns por onde quer que vão. Um dos aurores se aproxima de mim e conta as novidades, que não são muito boas. Um da equipe que estava fazendo as revistas na porta do Salão está confuso quanto a um homem, lembra de ter visto algo errado em sua varinha, mas mesmo assim o deixou passar. Estão desconfiando da Maldição Imperdoável Imperio, que confunde suas vítimas, e me apontam o possível agressor. Querem calcular e repassar algumas coisas antes de abordá-lo, mas decido por um confronto direto e eles me seguem até o homem. É alto e tem um cabelo chamativo, mesmo assim está fazendo um bom trabalho tentando passar despercebido. Ou estava.
- Com licença, senhor. Será que poderia examinar sua varinha? Queremos desfazer um mal entendido.
Deixo claro que não estou sozinho quando aponto para os aurores atrás de mim, e estes estão, com certeza, fazendo suas melhores expressões de reprovação, atentos para qualquer movimento em falso. Percebo o alarme nas feições de nosso suspeito apenas por um momento, antes de ele interromper sua conversa e sorrir para nós. Tenho que insistir ainda um pouco e posso vê-lo sondando seus arredores, mas está derrotado, há um círculo duplo de aurores à sua volta e ele então entrega a varinha. Pego-a na mão e digo o feitiço certo:
- Prior Incantato.
E então descobrimos que ele usou mesmo a Maldição e os aurores agem rápido, imobilizando-o e apontando varinhas em sua direção, para o caso dele tentar fugir, mas sei que isso não aconteceria, ele não tinha chance alguma. Alguém tira a sua máscara e qual minha surpresa ao perceber que estou frente a frente com o cuidadoso Draco Malfoy? Todos sabem que ele nunca havia mudado de vida e continuava preso ao mundo obscuro dos bruxos, mas, ah, ele sempre foi tão ardiloso e contido, nunca conseguimos pegá-lo. Parece que chegou o fim da linha para mais um Comensal da Morte, e um dos grandes. Aviso aos aurores para terem cuidado, que ele é perigoso e percebo que chamamos a atenção de todo o Salão, que encara Malfoy com surpresa e medo. Localizo Vic bem longe dali, perto das mesas de bebidas e suspiro aliviado que os aurores ainda estejam protegendo ela. Com sorte, conseguiremos mandá-lo para Askaban ainda hoje, sem causar mais nenhum tumulto.
Tagged: todos; Notes: bruxo destaque do ano; Credits: Jeess @ etvdf

*************************

Teddy Remo Lupin - Ministro da Magia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Salão de Baile   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Salão de Baile
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Baile de Boas-Vindas
» Salazar Salvatore(Sabá) VS Nixa Romanov (Camarilla) (Algis Narrador)
» Orient Express (Crônica Livre)
» Requiem for the Truth - Campanha
» Baile De Iniciacao

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Aresto Momentum :: Hogwarts :: Subsolo-
Ir para: