Aresto Momentum

Volta às Aulas! Bem-Vindo, Convidado!
 
InícioPortalCalendárioMembrosRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Hyde Park

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Rose Weasley
Admin
Admin
avatar

Localização : Godric's Hollow
Trabalho : Ler| Profeta Diário
Mensagens : 981

MensagemAssunto: Hyde Park   Dom Jan 15, 2012 9:23 am


O parque Hyde é um parque no centro de Londres, na Inglaterra. É famoso pelo sua esquina do Orador.
Junto com os jardins Kensington, que ficam adjacentes, forma uma das maiores áreas verdes da cidade, com 2,5 km² de área. Ele é atravessado pelo lago Sinuoso e é oficialmente reconhecido como um dos parques reais de Londres.

*************************
administradora • 18 years • SweetGirl • Dating • fotógrafa do pd • WOMH
rose jane granger weasley
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://campsobrenaturalrpg.forumeiros.com/
Cody Stark
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar

Localização : Hogwarts e LG - 18
Trabalho : /
Mensagens : 79

MensagemAssunto: Re: Hyde Park   Ter Jan 24, 2012 11:59 am

Trago ela até aqui.
Uma vez alguém tinha me dito que depois de um beijo você pode fazer duas coisas: sair correndo ou não.
Optei pelo não e trouxe ela em um parque de Londres.
Já sabia que ela gostava de parques ou coisas assim...naturais.
Começamos a caminhar, mas ela para de repente.
O que foi?
Depois do beijo, só eu tinha falado.

*************************
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nina Malkovith
Beauxbatons
Beauxbatons
avatar

Localização : Beauxbatons e minha casa em Paris õ/
Trabalho : Não... por enquanto
Mensagens : 105

MensagemAssunto: Re: Hyde Park   Ter Jan 24, 2012 12:18 pm

Cody me traz aqui e começamos a andar. Só ele tinha falado depois do beijo....
O beijo...
Paro de repente, nem sei realmente o porque, nem Cody, que pergunta "O que foi?".
Mas eu continuo a andar, pegando na mão dele e o puxando para frente, e depois que ele vem, ainda não solto a mão dele.

-Nada - Respondo para a pergunta "O que foi?".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Cody Stark
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar

Localização : Hogwarts e LG - 18
Trabalho : /
Mensagens : 79

MensagemAssunto: Re: Hyde Park   Ter Jan 24, 2012 12:21 pm

Ela parece estar gostando da nossa... caminhada.
Mas tenho que saber uma coisa.
De quem foi a idéia de ir lá em casa?
Sua, ou da Anne?

*************************
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nina Malkovith
Beauxbatons
Beauxbatons
avatar

Localização : Beauxbatons e minha casa em Paris õ/
Trabalho : Não... por enquanto
Mensagens : 105

MensagemAssunto: Re: Hyde Park   Ter Jan 24, 2012 12:33 pm

Penso um pouco com que palavras respondo a pergunta "De quem foi a idéia de ir lá em casa? Sua, ou da Anne?".
Finalmente sei o que responder e digo:

Foi da Anne, mas eu só concordei porque era na sua casa.
E sorrio.
Como será que tá rolando as coisas lá com ela e o Alex?

*************************
Nina Malkovith

15 Anos ~ Um irmão ~
Uma melhor amiga

Thanks Katherine F. S. Gilbert @ PE
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Cody Stark
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar

Localização : Hogwarts e LG - 18
Trabalho : /
Mensagens : 79

MensagemAssunto: Re: Hyde Park   Ter Jan 24, 2012 12:43 pm

Não que isso importe muito...
Mas ela tá com o Alex?

*************************
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nina Malkovith
Beauxbatons
Beauxbatons
avatar

Localização : Beauxbatons e minha casa em Paris õ/
Trabalho : Não... por enquanto
Mensagens : 105

MensagemAssunto: Re: Hyde Park   Ter Jan 24, 2012 12:47 pm

Está.
Falo para Cody.
Meio óbvio que ela está lá... Só queria saber como as coisas andam por lá.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Cody Stark
Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
avatar

Localização : Hogwarts e LG - 18
Trabalho : /
Mensagens : 79

MensagemAssunto: Re: Hyde Park   Ter Jan 24, 2012 12:51 pm

Ela não importa agora.
Digo e dou outro beijo nela.
Ficamos caminhando por ali.

ENCERRADO

*************************
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jon Laurousen
Jogadores de Quadribol
Jogadores de Quadribol
avatar

Trabalho : Jogador de Quadribol
Mensagens : 132

MensagemAssunto: Re: Hyde Park   Ter Dez 22, 2015 10:18 am

Existiam dias ruins e dias bons. O de hoje seria claramente classificado como um dia bom.
Ganhar o campeonato inglês tinha seus privilégios: estávamos treinando um dia por semana no Hyde Park, o maior e melhor de Londres, como parte do prêmio. Havia também o dinheiro, meu salário tinha subido muitos galeões, mas achava isso secundário. Claro que a equipe de segurança tinha que isolar toda a área ao redor do parque, como precaução anti-Trouxas (para eles, uma grande reforma estava acontecendo no calçamento do parque ou algo assim), mas os Bruxos tinham permissão para assistir a esses treinos, só precisavam informar o sobrenome.
Para nós, os jogadores, as grandes "estrelas" que todo mundo ali queria ver, era tudo diversão. Os trabalhos começavam com treino em terra, o que atraía muitos gritos das meninas que estavam assistindo, e depois fazíamos um jogo para alegrar o pessoal em geral. Usávamos as copas das árvores mais altas como arcos e tínhamos total apoio da torcida, que gritava quando um gol ocorria, independente de que lado do campo improvisado.
Hoje ia ser um treino um pouco mais sério, precisávamos focar para a temporada que começava daqui algumas semanas. Rimos menos, tiramos menos fotos e falamos menos com as pessoas ali, o que já fez todos perceberem que ia ser sério, íamos jogar pra valer. Eles se sentaram em volta da área do "campo" e nos observaram montar nas vassouras e subir para começar a partida.
A maioria do tempo, nós ensaiamos algumas jogadas, ouvindo os gritos do técnico e tentando dar nosso melhor. Passou mais ou menos uma hora e então tivemos um break, para respirar um pouco, depois tinha mais. Pousamos com os naturais gritos femininos, que foram naturalmente ignorados, e fomos tomar uma água. A água era "batizada", mas ninguém além da gente precisava saber. Os caras estavam planejando uma festa depois, não tinha lugar marcado ainda, mas já prometia, porque era aniversário de uns três. Desta vez eu ia, não aguentava mais eles me enchendo.
Olho ao redor, na multidão, procurando Anne ou Bella. As duas disseram que viriam, mas não estavam ali. Típico fora de irmãs, já estava quase acostumado. Algumas garotas me pegam olhando para o lado delas e interpretam de forma errada, acenando e chamando. Vou até elas com a garrafa ainda na mão e tiro algumas fotos, converso um pouco. As consequências de ser jogador. Muitas vezes odiado, mas geralmente tolerado (e aceitado), o assédio feminino não me incomodava mais tanto assim.


| Hyde Park | Com o time |

*************************
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dominique Delacour
St. Mungus
St. Mungus
avatar

Localização : St Mungus e Chalé de Conchas
Trabalho : Estagiária no St. Mungus
Mensagens : 179

MensagemAssunto: Re: Hyde Park   Qua Dez 30, 2015 3:20 pm

HYDE PARK - POST #94


Comprei meu apartamento! É pequeno e simples, porque ainda não tenho muito dinheiro para comprar algo maior. Os imóveis de Londres são mais caros do que eu pensava, e eu não queria pedir dinheiro emprestado. Era algo que eu precisava fazer sozinha.
Fica perto do St. Mungus, então posso ir a pé e, melhor ainda, fica perto do parque, onde vou correr todos os dias. O que é o que eu estou fazendo agora. Prefiro correr sozinha, então minha única companhia são meu iPod e meu fone de ouvido, grudados no meu braço, presos a um negócio preto que não faço ideia do nome.
Já corri alguns quilômetros quando vejo um tumulto. Aproximo para ver o que é, e, quando vejo, quase me arrependo. É um time de Quadribol, que está fazendo muito sucesso ultimamente e, para completar, meu ex faz parte dele. Ou seja, ele está aqui. Não o vejo faz tempo, e não faço ideia de como vou sentir ou reagir.
Continuo correndo normalmente, porque não o vi por ali, até que passo por um bando de garotas que se afastam quando outro jogador se aproxima e então vejo porque elas estavam reunidas ali. Jon. Ele me vê e vou diminuindo o passo, até chegar nele. Tiro meus fones de ouvido e coloco-os sobre meu ombro direito.
Oi. Aproveitando a vida de famoso?
Não acompanho Quadribol, desde que virei médica minha vida tem sido meio que uma correria. Como é inicio de carreira, estou de plantão frequentemente, é meio cansativo. Mas sei que o time dele está em alta, e ele também.


wearing this   |  thanks juuub's  !

*************************
Dominique Delacour
18 anos x Médica do St. Mungus
@thanks
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jon Laurousen
Jogadores de Quadribol
Jogadores de Quadribol
avatar

Trabalho : Jogador de Quadribol
Mensagens : 132

MensagemAssunto: Re: Hyde Park   Qui Dez 31, 2015 1:36 pm

Quando vi ela, ignorei todos ao redor imediatamente, mesmo sem querer. As garotas protestaram, mas meus olhos só acompanharam Dominique correndo e parando bem ali na minha frente. Ela começa uma conversa casual, como se nós nos encontrássemos todo o dia, mas não penso em outra forma de conseguir falar com ela, então aceito numa boa.
Oi. É, na verdade, é bem legal... Mas não muito, entende?
Eu parecia um idiota para ela, provavelmente, mas estava sendo sincero. O único problema é que eu não queria conversar com ela ali, no meio de tanta gente, com tantos ouvidos em volta. Foi por isso que perguntei:
Escuta, quer conversar mais tarde? Sei lá, sair para tomar alguma coisa...
Olho rapidamente para o corpo dela e para a expressão no seu rosto (que, se possível, estavam ainda mais lindos do que quando namorávamos), e acrecento rapidamente:
Um suco, ou algo assim. O que acha?
Lembro que ela sempre gostou de correr e parecia que agora tinha aquilo como um hábito, pois dá para perceber quando um esportista é iniciante e quando já é veterano no que faz. A sugestão de um suco me pareceu então combinar com, bem, a vida fitness que ela agora levava.
Não tenho tempo para ouvir sua resposta, pois o treinador grita meu nome para voltar. O treino ia continuar e parece que hoje não ia acabar tão cedo. Sorrio, pedindo desculpas silenciosas para minha ex-namorada e voltando rapidamente para junto do time. Montamos nas vassouras de novo e recomeçamos tudo outra vez.
Três horas depois, todos estavam exaustos no fim dos trabalhos. O treinador tinha acabado conosco (provavelmente de propósito por ter descoberto da água batizada) e quando finalmente terminamos tudo, eu só queria um bom banho e quem sabe alguma água de verdade para tomar. Já não havia quase ninguém no Hyde Park nos assistindo, todos haviam desistido e provavelmente saído de lá frustados: não havíamos jogado muito, só ensaiado lances. Eu fui pessimamente mal em todos: a perspectiva de que Dominique pudesse estar assistindo me deixava louco e totalmente desfocado. Só torcia para que ela, como os outros, tivesse terminado sua corrida e ido para casa, e não tivesse visto o fiasco que eu fui hoje. Ao mesmo tempo, queria tanto que ela estivesse ali ainda e que pudéssemos conversar...
Os caras me dão tchau, combinando sobre a festa, mas já sem a mesma animação de hoje cedo. Aposto que todos só queriam cair na cama e acordar só amanhã. Ainda tenho energia para tirar algumas fotos com umas fãs e responder algumas perguntas dos jornalistas, enquanto todos os outros estão indo embora. Eles dizem que é por isso que eu fiquei famoso tão rápido: não consigo deixar ninguém naquela expectativa de me ver, preciso conversar com a pessoa e ser tão presente quanto possível. Porque, afinal, isso tudo é loucura. Claro que também tem a parte de que eu jogo razoavelmente bem, o que ajuda.
Digo aos meus amigos que vou aparecer lá mais tarde e então, quando finalmente estou sozinho por ali, me sento na grama e coloco minha vassoura ao lado. Uma moça vendendo cachorro-quente passa por mim e peço dois e um refrigerante, estava morto de fome. Acho que ela era Trouxa, pois fica encarando o uniforme que eu estou usando. É realmente ruim, mas o dos jogos era pior, sorte dela. Isso quer dizer que o parque está novamente aberto para Trouxas.
Volto a sentar por ali e fico comendo, olhando atento para os lados, na esperança de vê-la sair de algum canto. Porém, a esperança era pouca, já estava muito tarde, o sol estava se pondo, certamente ela tinha muitas coisas para fazer nessa nova vida de médica. Mas será que realmente não apareceria?


| Hyde Park | Sozinho |

*************************
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dominique Delacour
St. Mungus
St. Mungus
avatar

Localização : St Mungus e Chalé de Conchas
Trabalho : Estagiária no St. Mungus
Mensagens : 179

MensagemAssunto: Re: Hyde Park   Sex Jan 15, 2016 6:32 pm

HYDE PARK - POST #95


Jon diz que é legal, mas não muito. Eu não sabia como era, afinal, não sou famosa nem nada do tipo, mas podia imaginar e entender.
Ele me surpreende quando me convida para tomar alguma coisa, e quando olha para o meu corpo antes de acrescentar um suco, ou algo assim. Eu vivia uma vida mais saudável, mas não de modo radical. Realmente abandonei refrigerantes, mas álcool, apesar de ser médica e entender os efeitos dele, era outra história.
Pensei sobre a oferta dele. Não estava mais com a raiva que tinha quando ele terminou comigo por algo que fiz antes de o conhecer. E a verdade é que eu sinto falta dele, o que me faz querer ir, e também o que me faz não querer também, porque pode causar sofrimento para mim.
Antes que eu possa responder qualquer coisa, o treinador dele o chama e ele me dá um sorriso, como se tivesse pedindo desculpas, e se afasta. Eu coloco meu fone de ouvido, mas não me mexo. Não conseguia parar de encará-lo. Quando ele sobe na vassoura e levanta voo, eu decido continuar a correr. Se começasse a vê-lo jogar, provavelmente veria até o fim.
Chego em casa, ainda indecisa sobre a proposta dele. Tomei um banho rápido e sequei o cabelo. Fui direto para o hospital. Estava meio calmo. Até que decidi.
Eu vou.
Não importa se eu me machucar depois disso, eu quero ir, sinto falta dele. Ligo para um amigo meu que trabalha comigo e, pouco tempo depois, ele chega no hospital, pronto para cobrir meu turno. Eu teria que ficar de plantão durante a próxima semana inteira, porque ele deixou de ir em um show que ele estava animado por ir, além de ter que reembolsar o valor. Mas tudo bem, porque depois que eu decidi eu realmente quis ir.
Aparatei alguns metros do lugar onde encontrei ele antes, e vi ele sentado num banco com dois cachorros-quentes e um refrigerante. Quando me aproximo, ele da uma mordida no segundo cachorro-quente.
Soltei um ah triste, como se estivesse desapontada.
Pensei que um deles fosse para mim.
Sorri e sentei do lado dele, meio sem saber como agir.
Como foi o treino?

  |  thanks juuub's  !

*************************
Dominique Delacour
18 anos x Médica do St. Mungus
@thanks
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jon Laurousen
Jogadores de Quadribol
Jogadores de Quadribol
avatar

Trabalho : Jogador de Quadribol
Mensagens : 132

MensagemAssunto: Re: Hyde Park   Dom Jan 17, 2016 2:11 pm

Ela vem, afinal. Só percebo que chegou quando fala desapontada sobre eu ter mordido o segundo cachorro-quente. Sorrio quando senta ao meu lado e me pergunta sobre o treino. Isso quer dizer que ela não viu, o que certamente é bom.
Podia ter sido melhor, eu...
Sou obrigado a parar de falar quando escuto aquele familiar gritinho de "é ele!". Alguma garota Bruxa tinha me reconhecido e olho para os lados até encontrá-la. Eram duas afinal, que ficaram completamente histéricas quando aceitei tirar uma foto com elas. Olhei para Dominique, me desculpando silenciosamente, e levantei para atender as garotas. Muitas fotos, muitos sorrisos e muitas amenidades depois, elas foram embora. Fui educado com elas, claro, como sempre, e como eram francesas, manti um diálogo curto em minha língua natal. Mas não queria correr o risco de que isso acontecesse de novo, este era um momento nosso, só Dominique e eu, e tinha que ser assim.
Olha, você se importa de irmos mais para dentro do parque? Vai ser impossível aqui.
Vamos andando até chegar em um banquinho mais retirado, em uma pequena clareira e deixo ela sozinha ali por uns minutos. Corro até o mercado mais próximo, compro uma garrafa de vinho e, quando passo pela mesma moça do cachorro-quente, peço mais dois. Ela me olha com uma cara estranha antes de me entregar de novo meu pedido.
Consigo voltar em tempo recorde para a clareira, onde ela já estava desconfiada. Mostro o vinho e lhe dou os cachoros-quentes.
Pronto. Agora pode comer à vontade.
Ficamos em silêncio por um momento, enquanto eu abro o vinho e coloco nas duas taças que tinha conseguido. Tomo um gole e fico observando a garota na minha frente, subtamente consciente de que eu ainda estava com o uniforme do treino, suado e fedido. Ah, que maravilha. Um vento frio começa a soprar e chego inconscientemente mais perto dela no banco. Tudo estava indicando que hoje não seria mais aquele dia maravilhoso do começo, mas não iria adiar o que precisava ser dito só por ser uma noite ruim.
Posso pensar em 20 lugares diferentes e mais adequados para termos essa conversa. Aquele restaurante na Torre Eiffel realmente era a melhor opção. Penso em cogitar essa possibilidade para ela, mas não quero ser mal interpretado: não estamos mais namorando, pelo menos não por enquanto, mas...
E a vida de médica? Era como você sonhava?
Ficar ali bebendo com ela e falando sobre assuntos sem profundidade não era realmente como eu sonhava.
Estico as pernas e passo um braço pelo banco, fazendo com que fiquei nas costas dela, mas sem tocá-la. Estava muito cansado e continuo bebendo, já sabendo que não iria mais a festa de mais tarde. Eles iam me matar. De novo.




| Hyde Park | Com Dominique |

*************************
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dominique Delacour
St. Mungus
St. Mungus
avatar

Localização : St Mungus e Chalé de Conchas
Trabalho : Estagiária no St. Mungus
Mensagens : 179

MensagemAssunto: Re: Hyde Park   Ter Jan 19, 2016 4:12 pm

HYDE PARK - POST #95



Ele estava respondendo minha pergunta sobre o treino quando é interrompido por mais fãs. Enquanto ele vai falar com elas, eu desvio o olhar pra longe. Nunca gostei muito dessas coisas.
Jon volta e nos conduz pra mais dentro do parque e me deixa sozinha por alguns minutos, e já comecei a reconsiderar ter vindo aqui. Pela segunda vez, Jon volta, com dois cachorros-quentes e vinho.
Cachorro-quente com vinho? Sofisticado. - falo brincando, sorrindo no final.
Começo a comer, e então percebo o quanto estava com fome. Não consigo comer nada depois de fazer exercício, mas é só passar um tempo que a fome vem, e normalmente não é pouca.
Enquanto comia, percebi que ele me observava, mas não me importei, porque estava fazendo o mesmo. Jon ainda estava suado e sujo por causa do treino, mas eu não me importava nem um pouco. Ele continuava gato, e todo esse visual fez com que passasse pela minha cabeça a ideia de beijá-lo. Um dos motivos da minha hesitação em vir. Logo mudei de pensamento, mas vi que ele se aproximou.
Bebo um pouco do vinho enquanto ele passa o braço por trás de mim, mas sem me tocar. Pergunta sobre a minha vida de médica. Um assunto seguro.
Diferente do que eu imaginava. Melhor, se certo modo. É tão interessante e emocionante. Cada paciente que entra é uma nova descoberta, uma nova história. Nem sempre são coisas simples, às vezes é um desafio, principalmente pra mim, que não tenho tanta experiência e conhecimento. E também é mais exaustivo do que eu pensei, já passei mais de um dia inteiro no hospital, sem dormir. Tenho plantões frequentemente, mas tudo compensa ao ver alguém sair andando do hospital com um sorriso. - me empolgo ao falar sobre minha nova profissão, como normalmente acontece. É algo inevitável - Mas eu dei sorte. Logo no início fiz um amigo que, como descobri mais tarde, é filho de uma das médicas mais influentes do St. Mungus. Como ele já conhecia muito bem o hospital e como funcionava, me ajudou bastante. - sorrio ao lembrar do início do meu estágio, como tudo era novo e interessante. - Antes, cada plantão me animava. Lutava por eles. Agora, dependendo do dia, não é uma das melhores notícias. Principalmente um duplo. Nem tive tempo se desempacotar todas as minhas coisas ainda. - me desanimo ao lembrar das noites de plantão que me esperam, porque quis vir aqui.
Ah. Desculpa! Acabei me empolgando e falei muito, não deve ser tão interessante assim pra ti. Tu não precisa mais ouvir coisas chatas.
Sempre falei com Jon sobre o que me vinha à cabeça ou que me interessava, e nem sempre era algo que ele provavelmente gostava de ouvir, mas como estávamos juntos, ele ouvia. Acabei esquecendo que agora ele não precisa mais.
Dou um sorriso um pouco constrangido pra ele e termino meu segundo cachorro-quente, entre goles de vinho., dando espaço para ele falar.


 |  thanks juuub's  !

*************************
Dominique Delacour
18 anos x Médica do St. Mungus
@thanks
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Isabella Laurousen
Auror
Auror
avatar

Localização : Ministério | Lá em casa...
Trabalho : Aurora
Mensagens : 257

MensagemAssunto: Re: Hyde Park   Sex Jan 29, 2016 2:41 pm

Whats para Jon:
 

*************************


Isabella Laurousen
18 - Aurora - Girly - Free, baby!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jon Laurousen
Jogadores de Quadribol
Jogadores de Quadribol
avatar

Trabalho : Jogador de Quadribol
Mensagens : 132

MensagemAssunto: Re: Hyde Park   Sex Jan 29, 2016 3:01 pm

Quando ela começa a falar, lembro porque amei essa garota. Toda a sua animação é contagiante e não consigo deixar de sorrir ao ouvir o jeito dela naquelas palavras. Ela amava cada parte do novo trabalho, deu para perceber. Fiquei me perguntando se estava sendo assim comigo também.
Escuto tudo com a mesma atenção que dava para ela quando namorávamos, me preparando para fazer aquele comentário esperto no final, mas quando ela fala sobre desempacotar as coisas, penso naqueles seus planos de comprar um apartamento. Acho que Dominique tinha conseguido afinal, sabia que isso ia acontecer. Ela termina se desculpando porque não preciso mais ouvir tudo isso.
Está brincando? Senti falta das nossas conversas. E que bom que você está gostando de tudo isso. Queria dizer que entendo a dificuldade que é às vezes, mas seria mentira. Não consigo me imaginar com noites sem dormir atualmente ou tendo que pesquisar casos, etc. Sei que você está tirando de letra, dra. Delacour.
Sorrio enquanto sirvo mais vinho para nós dois. Noto que ela comeu os cachorros-quentes, o que é legal porque eu gosto de garotas que comem de verdade. E então de novo silêncio. Ela está deixando eu falar, o que certamente não é muito nom.
Minha vida mudou bastante, de um jeito meio louco.
Começo assim.
Não sei se algum dia vou me acostumar com tudo isso, quer dizer, parece fútil quando se olha de fora, mas é tudo questão de consequência. Se eu jogo bem, tudo fica bom, a repercussão é boa, e ninguém cobra nada. Nunca passei por uma má fase, mas sei que é bem ruim. É muita pressão, de todo mundo, o tempo todo.
Eu não falava muito sobre isso, porque não gostava de ficar comentando e não tinha com quem compartilhar isso. Anne ficaria preocupada e Bella não estaria nem ai, os caras do time estavam passando pela mesma situação e Ted tinha muito trabalho e muitos problemas que nem se comparavam a isso. Dominique fazia falta nesse sentido também, embora ela sempre tivesse mais a falar do que eu. E ela entenderia, porque sei que a vida de médica deve ter muita responsabilidade envolvida em cada ato também.
Desvio os olhos dela e coloco-os na vassoura ao meu lado. Então subitamente me lembro: é hoje, droga. Como se para confirmar, meu celular apita e pego-o rápido. É ela. Minha amada irmã chantagista. Que mais uma vez ia conseguir o que queria. Resolvo não responder e decido que não posso ir e deixar Dominique. Desta vez ela estava disposta a conversar, eu ainda não tinha falado o que queria, então tenho uma ideia súbita.
Ei. Eu tenho que ir num lugar, e queria muito que você fosse comigo, porque ainda temos que conversar, não é? Mas... O que você acha de um voo de vassoura?
Pergunto, sorrindo. Claro que poderíamos apenas aparatar em Los Angeles, mas assim seria mais divertido e estava precisando de um pouco de diversão hoje, antes do inferno que minha vida se tornaria na próxima hora. Sem contar que, com ela por perto, eu poderia ver se minha irmã resolvesse atacar.
Não dou muito tempo para Dominique pensar, não lembro o que ela achava sobre vassouras, e em pouco tempo já estamos sobrevoando Londres. Um cenário bem legal. Vamos aparatando aos poucos e voando ao mesmo tempo. E finalmente consigo ter meu momento de diversão.

Continua na Piscina



| Hyde Park | Com Dominique |

*************************
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dominique Delacour
St. Mungus
St. Mungus
avatar

Localização : St Mungus e Chalé de Conchas
Trabalho : Estagiária no St. Mungus
Mensagens : 179

MensagemAssunto: Re: Hyde Park   Seg Fev 01, 2016 9:05 am

HYDE PARK - POST #97



Jon diz que sentiu falta das nossas conversas, e não posso deixar de sorrir com isso, porque então eu não fui a única. Ele também diz que sabe que estou tirando de letra, o que mostra o quão bem ele me conhece. Para falar a verdade, sou uma das melhores médicas do St. Mungus, mas não queria falar isso. Ele então começa a falar sobre sua vida.
Não é fútil se você ama o que está fazendo, e se significa algo. Entendo o que você quer dizer sobre a pressão do trabalho. - não era fácil lidar com a família dos pacientes, e a pressão do médico chefe esperando que eu não cometa um único erro, e, quando acontece, a bronca não é pouca. - Não entendo muito de quadribol, mas sei que você tem talento. E algo assim não desaparece.  
O celular dele emite um barulho e ele o pega surpreendentemente rápido, como se não quisesse que eu visse o que estava na tela. E nem deve querer. Deve ser uma de suas admiradoras mandando mensagem sobre o ótimo tempo que eles tiveram juntos no outro dia.
Jon diz que tem que estar em outro lugar, e eu já comecei decidir entre ir para casa ou para o hospital. Se eu fosse para o St. Mungus, talvez conseguisse me livrar de alguns plantões. Mas, pelo outro lado, a exaustão está começando a se mostrar, e de repente minha cama parece tentadora. Céus, até um sofá cairia bem. Mas ele me convida para ir junto, e fico curiosa. Pergunta o que eu acho sobre voo de vassoura, mas não me dá a chance de responder. Gosto de voar, sentir o vento contra meu rosto, observar as coisas lá embaixo. Era uma sensação boa.
Percebo que, ao invés de aparatar, ele preferiu voar comigo. Fico feliz com isso, porque foi divertido e leve, algo que eu estava precisando.

Continua http://arestomomentum.forumaqui.com/t820p15-piscina#9348

 |  thanks juuub's  !

*************************
Dominique Delacour
18 anos x Médica do St. Mungus
@thanks
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Hyde Park   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Hyde Park
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Central Park
» Caos no Central Park!
» Bug no National Park
» Central Park
» Central Park

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Aresto Momentum :: Mundo Trouxa :: Inglaterra :: Londres-
Ir para: